O Kata da Melhoria Contínua

É impressionante como o tema da cultura, ou melhor, o do comportamento como manifestação dessa cultura, encontra formas de constantemente se insinuar no meu pensamento.


Recentemente dei inicio à pratica de uma nova e fascinante arte marcial: o Kyudo, e dei por mim praticar o Kata correspondente, imitando incansavelmente uma sequência de gestos em representação do que o meu Sensei (mestre) me indicou ser a execução correcta da prática do tiro ao arco Japonês.




Kata, em Japonês, é uma sequência pré-definida de movimentos que visam adquirir um novo comportamento. Não há praticante de arte marcial que não seja capaz de executar de memória (e com harmonia) o seu Kata. Não há praticante de Lean que não tenha já se deparado com esse mesmo conceito no contexto da mobilização dos colaboradores na interiorização da prática da melhoria contínua.


É que não é a mudança cultural "per si" que um programa de melhoria contínua ambiciona mas a sua manifestação sob a forma de comportamentos.


A cultura é um todo complexo que inclui (...) capacidades ou os hábitos adquiridos pelo homem, como membro de uma sociedade

- Edward B. Tylor


São efectivamente os comportamentos que se querem ajustados para que uma organização seja eficaz na abordagem às oportunidades: desde reconhecê-las, a agir sobre elas de uma forma metódica traduzindo-as em benefícios sustentados.


Mudar essa cultura assenta na definição do comportamento que se quer observar de forma consistente, na sua tradução em rotinas que se possam repetir à exaustão sob a orientação firme dos mestres.


Mais sobre o Kata da Melhoria Contínua neste blog

1 visualização

Claudia Pargana Consultores lda | claudia.pargana@gemba.pt |+351 916877416

  • Linkedin | Claudia Pargana