Aos heróis do gemba: Happy valentine!

Atualizado: Ago 31



Neste dia de São Valentim queria deixar uma palavra de apreço aos meus super heróis: os verdadeiros agentes de mudança que se degladiam diariamente entre de colegas "sedentos" de apoio de atenção e chefes "soterrados" de objectivos.


Isto porque sei (até pela própria pele) que de vocês se espera que acumulem às competências técnicas que provêm do vosso percurso académico, que se querem sólidas, claro, uma panóplia de valências da dita área da Melhoria Contínua:

da "simples" gestão de projectos, dos gate reviews e seus entregáveis, aos gant charts e ao microsoft project....às mais complexas ferramentas de Lean: da enumeração, sem hesitações, dos 7 desperdícios ( ou até dos 8, nas organizações em que os 7 não bastaram) ao Value Stream Mapping e aos Kanbans (de produção ou de movimentação); ao Standerdize Work e ao Work Balance.

Porque não juntarmos também o 6Sigma? passarão a atender ao nome de Lean Sigma Master Black Belts, e assim, de uma pernada passamos também a exigir que dominem o DMAIC e que sejam especialistas em ferramentas estatísticas, do Pareto ao Design Of Experiments (ufff) e ao Taguchi (ufff ufff). Para além das "elementares" ferramentas de resolução de problemas, dos hishikawas aos 8Ds aos 5Whys, por suposto.


Claro está que contamos que tenham visão estratégica, que sejam capazes de se relacionar com as mais altas esferas da organização, mas que tenham a humildade de se porem ao nível do operário e dos seus problemas. Que nunca deixem de representar "Voz do Cliente" mas que não percam, nunca, de vista quem vos paga e o seu verdadeiro Norte e que, a partir daí desenvolvam, o Road Map para um dia mais luminoso, para todos, sem excepção.


Contamos que sejam uns "mão na massa" e que façam workshops Kaizen ou SMED, que arrastem máquinas e mudem layouts, que escrevam instruções de trabalho e que as ensinem. Vocês têm bem presente que não basta saber, há que ensinar, e mais, há que fazer acontecer, e isto sem nunca ousarem pedir ou exercer uma autoridade formal.


Por isso vos pedimos que usem das vossas capacidades de mobilização das equipas, e com elas exibam, discretamente, sempre discretamente, um forte leque de soft skills que vão das capacidades de motivação, de resolução de conflitos, de comunicação, de moderação de equipas,.....


Finalmente, de vós também se espera que garantam os resultados do programa: que calculem benefícios e que os levem à aprovação para que ninguém ouse questionar. Mas não ousem pôr o próprio nome nos autores, não! Façam-no sempre sem reclamar reconhecimento, autoridade ou recursos.


É por isso que vocês, Lean Implementers, CI managers, Responsáveis de Melhoria Contínua, agentes de mudança de segunda (segunda?) linha, são os meus heróis,


mestres do gemba!

1 visualização

Claudia Pargana Consultores lda | claudia.pargana@gemba.pt |+351 916877416

  • Linkedin | Claudia Pargana